TwitterFacebook

Precisamos falar sobre sustentabilidade empresarial

Por Edgar Segato Neto

O mundo está em constante mutação e as empresas, se quiserem continuar competitivas, precisam estar atentas a isso. O universo corporativo deve fazer as contas do impacto que causa no meio-ambiente e adotar novas práticas sustentáveis para minimizar as consequências que anos de descaso estão trazendo à sociedade e à natureza.

Deste modo, precisamos falar sobre sustentabilidade empresarial. Uma pesquisa recente realizada pelo Instituto Akatu apontou quais são as práticas de Responsabilidade Social Empresarial mais valorizadas pelos consumidores brasileiros.

Entre elas, a pesquisa identificou que 19% das pessoas costumam valorizar empresas que possuam programas para racionalização e otimização do uso da água – é a sexta prática de Responsabilidade Social Empresarial que os consumidores mais priorizam nas companhias.

Outro aspecto valorizado por 20% dos entrevistados é o investimento em novas tecnologias quer permitam a reciclagem de seus produtos após o uso. Não há como imaginar uma empresa que não se preocupe com o lixo que produz e descarta na natureza. Também é inimaginável um ambiente corporativo que não conscientize seus funcionários sobre a importância da separação e do descarte corretos do lixo, tanto no trabalho quanto em casa. Infelizmente, essa cultura do consumo e do descarte desenfreados ainda persiste em muitas empresas.

A pesquisa também revelou que 13% dos consumidores entrevistados apoiam empresas que inserem informações sobre descarte dos produtos pós-consumo. Apoio converte-se em vendas. Não é à toa que presenciamos um movimento de comunicação de empresas bastante vinculado às responsabilidades socioambientais. No entanto, a pesquisa alerta: apenas 8% da população diz acreditar nas informações de RSE que as empresas divulgam atualmente.

Vivemos um momento crucial de racionamento de água em estados brasileiros. A Barragem do Descoberto, localizada entre Águas Lindas de Goiás e o Distrito Federal, vem sofrendo rebaixamento no volume de água e fez com que Brasília passasse a adotar o rodízio e o racionamento. Goiás já teve interrupções de abastecimento em 14 municípios só no mês de setembro. Em São Paulo, a Cantareira ainda não recuperou seu volume de água; e o semiárido brasileira também vive situação crítica.

Soma-se a isso a produção histórica de lixo ocasionada pelo consumo sem consciência. Faz-se cada vez mais necessário o debate sobre o uso de energia solar e de outras fontes. Precisamos mudar, enquanto pessoas e também como empresas. A sustentabilidade empresarial deve ser um eixo importante no planejamento estratégico das organizações e deve acontecer de maneira transversal no ambiente de trabalho. O nosso futuro agradece.

 

  • Presidente da Federação Nacional das Empresas Prestadoras de Serviços de Limpeza e Conservação (FEBRAC).

Brasília Tattoo Festival 2017

O Centro de Convenções Ulysses Guimarães será palco de mais um Brasília Tattoo Festival. O evento, que está na sua 4ª edição, acontece nos dias 03, 04 e 05 de novembro e, além dos stands de tatuagem e body piercing, contará com várias outras atrações.

“Estamos cumprindo o nosso objetivo de fomentar a tatuagem e o body piercing no Distrito Federal. Assim como na edição passada, o Brasília Tattoo Festival traz profissionais de todos os cantos, destaque para os que vêm de fora: Jeff Farmer, dos EUA, e Hankey Jee, da Holanda. A troca de experiência continua com a apresentação de novas tecnologias e materiais para o profissional de tatuagem e body piercing”, explica Paulo Henrique, mais conhecido como Kbça, organizador do evento (Bruto Produções).

O Festival, que já é sucesso, esse ano oferece 202 estandes, em 2016 acomodou cerca de 160. Os maiores (9m²) abrigarão dois profissionais confortavelmente. Além de contar com os melhores especialistas do segmento, oferece, também, vários shows (Cidade Verde e Maskavo – 3/11, Matanza – 4/11 e Haikaiss – 5/11), espaço kids, área de alimentação, workshops, modelos exóticos (Cruella e Johnny Falbo), games, Vitrine Tattoo, exposições, feirinha mix bungee jumping.

Um dos destaques do Brasília Tattoo Festival é a presença de Inácio da Glória, tatuador mais antigo em atividade no País: são mais de 35 anos de carreira e mais de 25 mil tatuagens feitas. Quem passar por lá, poderá conhecer um pouco da história da tatuagem e de Inácio: seu estúdio, o Ilha Nativa, abriu as portas em 1976, em Brasília. Na ocasião, ele também será homenageado.

“Em 2017 vamos gerar cerca de 450 empregos diretos e indiretos. Seguimos todas as normas de higiene e segurança, desde o cuidado com os procedimentos realizados pelos tatuadores e body piercers, como a coleta de lixo: o infectante é recolhido por uma empresa especializada, que os elimina de forma correta”, conta Kbça.

Os ingressos custam R$50 (inteira) e R$25 (meia – com carteirinha estudantil ou doação de 1 quilo de alimento). Será vendido na bilheteria digital e nas lojas Abriu Pro Rock (Gama Shopping (61) 3484-0133), JK Shopping (61) 3491-5688, Barbearia Distrito 61 (Asa Norte) – (61) 3326-0113, Kingdom Comics (Conic) – (61) 3223-7852, Nicobocco (Shopping Sul) – (61) 3627-1448). Os valores estão sujeitos a alterações sem aviso prévio. E tem novidade: em breve haverá o lançamento do livepass – ingresso que dará direito a acesso exclusivo aos três dias de Festival.

Vale lembrar que a doação é sempre bem-vinda, na última edição (3ª edição), foram arrecadadas mais de 19 toneladas de alimentos, destinados ao Grupo do Xuxa – pessoas do bem que acreditam na caridade como o caminho para tornar o mundo melhor, e ajudam instituições beneficentes, entre elas: CTB – Abrigo da Casa Transitória de Brasília; Casa do Menino Jesus – Gama Oeste; Fale – Fraternidade Lucas Evangelista, Recanto das Emas; Recinto de Caridade Dr. Bezerra de Menezes, Seu Valentim, Gama Oeste; Casa do Vô, Núcleo Bandeirante; Lar dos Velhinhos São Francisco de Assis – Park Way, Núcleo Bandeirante; Abrigo dos Excepcionais de Ceilândia; Barca das Letras-Biblioteca Intinerante com crianças Ribeirinhas, Projeto Jonas Banhos e Família de Dona Rosilene Mendes – Taguatinga Norte.

Para acompanhar toda programação do evento, assim como a lista dos tatuadores que estarão por lá, é só ficar ligado no site, no Instagram ou no Facebook.

Brasília Tattoo Festival 2017
Data:
 03,04 e 05 de novembro
Local:
 Centro de Convenções Ulysses Guimarães – St. de Divulgação Cultural 05 Eixo Monumental .
Ingressos: R$50 (inteira) e R$25 (meia – com carteirinha estudantil ou doação de 1 quilo de alimento). Será vendido na bilheteria digital e nas lojas Abriu Pro Rock (Gama Shopping e JK Shopping), Distrito 61 (Asa Norte), Kingdom Comics (Conic) e Nicobocco (Shopping Sul). Os valores estão sujeitos a alterações sem aviso prévio. E tem novidade: em setembro haverá o lançamento do livepass – ingresso que dará direito a acesso exclusivo aos três dias de Festival.

Moro dá 48 horas para Lula entregar recibos de aluguel

O juiz federal Sérgio Moro deu nesta sexta-feira (13) prazo de 48 horas para que a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entregue os recibos originais do aluguel de um apartamento, localizado em São Bernardo do Campo (SP), vizinho ao que mora o ex-presidente.

No fim de setembro, os advogados de Lula entregam cópias dos recibos, mas o Ministério Público Federal (MPF) pediu que veracidade dos documentos seja verificada. Em dois recibos foram inseridas datas que não existem: 31 de junho de 2014 e 31 de novembro de 2015.

A medida foi tomada na ação penal na qual o ex-presidente é réu na Justiça Federal em Curitiba. O processo é um dos desdobramentos da Operação Lava Jato. O MPF acusa o ex-presidente de receber vantagens indevidas oriundas de fraudes em contratos da Petrobras e o apartamento seria uma delas. Para a força-tarefa da Lava Jato, Lula seria o verdadeiro dono do apartamento vizinho ao dele. Glaucos da Costamarques, também réu no processo e proprietário do imóvel, seria um “laranja”, de acordo com a acusação.

Na mesma decisão, Moro rejeitou pedido feito pela defesa de Lula para que fosse agendada uma audiência formal para a entrega dos recibos com a presença de um perito.

“A defesa tem a posse dos recibos e pode extrair cópias antes de entregá-los, o que já é medida suficiente para prevenir qualquer chance de adulteração superveniente, ainda que seja surpreendente que isso seja aventado pela defesa”, argumentou Moro.

Glaucos é sobrinho do empresário José Carlos Bumlai, amigo de Lula e preso na Lava Jato. Inicialmente, o apartamento foi alugado pelo Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, ainda quando Lula era chefe do governo, para ser usado pelos policiais responsáveis pela segurança do então presidente. Depois que deixou o cargo, Lula decidiu assumir a locação do imóvel, que tinha como locatária a ex-primeira dama Marisa Letícia, que morreu em fevereiro.

A defesa do ex-presidente argumenta que os recibos comprovam que o aluguel do imóvel foi uma relação contratual entre a família de Lula e Glaucos da Costamarques. Os advogados de Lula afirmam ainda que parentes e colaboradores de Lula fizeram diligências para encontrar os recibos após pedido feito pelo juiz Sérgio Moro durante depoimento prestado por Lula, em Curitiba.

Fonte: EBC

Ranger Amarela Dançarina lança clipe com Inês Brasil

Repleto de memes como a exclamação “Deus me defenderay!”, presença da diva Inês Brasil e a irônica youtuber Blogueirinha de Merda, o clipe e single Bumbum em Chamas marcam a estreia da Ranger Amarela Dançarina como cantora. Com um novo capacete que mostra a boca e uma peruca loira, este é o novo passo na carreira da artista brasiliense, que começou há cinco meses com uma despretensiosa intervenção no Museu Nacional da República.

Após dançar Bum Bum Tam Tam, de MC Fioti, na frente do ponto turístico da cidade, o vídeo repercutiu em mais de 10 milhões de visualizações nas redes sociais da Ranger Amarela Dançarina. O resultado foi frutífero. A artista ganhou, ainda, a autorização da empresa Saban Entertainment (responsável pela franquia dos Powers Rangers) para entrar, de vez, no personagem.

Quem já assistiu à franquia de sucesso dos anos 90 – Power Rangers – sabe que Zord é uma alusão ao termo Megazord, robô imenso que está à disposição dos cinco heróis em momentos cruciais das batalhas. Por isso, Inês foi homenageada também neste clipe autoral com o pseudônimo InêsZord. “Somos amigas de vida. Associei, na hora, a Inês e ela topou gravar. Foi uma semana intensa de gravação em Brasília e no Rio de Janeiro, que foram nossos cenários para este clipe”, destaca a Ranger, que gravou o vídeo em setembro.

Cambalhotas e rebolados

“Bem loca no rolê, com as manas. Grave bateu, bumbum em chamas. No me liga, no me llama. Hoy quiero despertar en otra cama. Bumbum em chamas….”. Este é apenas um trecho da letra que veio para pegar. Com a produção de MC Vete, o funk fala sobre curtir a vida, sem estresse.

Há espaço também para uma crítica em relação à situação política atual, quando InêsZord é convocada para tentar dar um jeito no Congresso Nacional em uma sequência engraçadíssima. Ranger Amarela Dançarina e Inês Brasil garantem os rebolados e até mesmo cambalhotas. A dupla está com uma série de shows marcados, incluindo Brasília, capital da dançarina, previsto para novembro.

Abertura do show de Anitta

Brasília vai poder conferir uma apresentação inédita da artista, que abrirá o show da funkeira Anitta no feriado do dia 2 de novembro (quinta-feira), a partir das 22h, no Estádio Nacional Mané Garrincha (Eixo Monumental). A festa Sensualize terá decoração de Halloween e a presença da Ranger Amarela Dançarina em performance exclusiva, com direito a um Megazord no palco. Ingressos antecipados, clique aqui.

Confira Bumbum em Chamas:

TCU determina bloqueio de bens de Dilma

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou nesta quarta-feira (11) o bloqueio de bens da ex-presidente Dilma Rousseff por causa de prejuízos causados na compra da refinaria de Pasadena, no Texas, pela Petrobras. Também foram bloqueados os bens do ex-ministro Antonio Palocci e do ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli, que integravam o Conselho de Administração da estatal na época da negociação.

Os bens ficarão bloqueados por um ano. Segundo o TCU, a medida deverá alcançar os bens considerados necessários para garantir o integral ressarcimento do débito em apuração, ressalvados os bens financeiros necessários às suas subsistências, inclusive tratamentos de saúde, e dos familiares deles dependentes. Dima, Palocci e Gabrielli ainda podem recorrer da decisão.

Refinaria de Pasadena

Segundo o TCU, o prejuízo com a compra de Pasadena chegou a US$ 580,4 milhões. O relator do processo, ministro Vital do Rego, destaca que houve erro nas decisões tomadas pelo conselho de administração da Petrobras na compra da refinaria.

“À primeira vista todas essas circunstâncias poderiam indicar uma provável deficiência gerencial ou até mesmo decisões tomadas com base em cenários pertinentes, mas que não se realizaram. No entanto, o aprofundamento das apurações e toda a documentação aqui carreada indicam má gestão proposital com a finalidade de encobrir desvios”, argumentou o ministro.

Em agosto, o TCU havia condenado Gabrielli e o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró a pagar US$ 79,89 milhões em conjunto, mais R$ 10 milhões cada em multas, além de ficar inabilitados para exercer cargo público por oito anos.

Em 2006, a Petrobras comprou 50% da Refinaria de Pasadena por US$ 360 milhões. Por causa das cláusulas do contrato, a estatal foi obrigada a comprar toda a unidade, o que resultou em um gasto total de US$ 1,18 bilhão. A compra foi aprovada por unanimidade pelo Conselho de Administração da Petrobras.

Fonte: EBC

Categorias

Sobre

Redes Sociais

Mais…

Your browser doesn't support canvas.